Seu gatinho tem mau hálito? Saiba mais sobre as possíveis causas nesse post.

Mais comum do que parece

Uma reclamação muito comum entre os tutores de gatos é justamente o mau hálito dos bichanos, mas muitas vezes isso pode mostrar que seu pet está com algum problema de saúde que esteja passando despercebido. Se seu gato está mais para bafo de onça do que deveria é sinal de que você deveria levá-lo ao veterinário, porque a lista de problemas que podem estar causando a halitose é grande.

Gengivite: Conhecida da maioria das pessoas, a gengivite é a inflamação da gengiva. Seu pet vai apresentar vermelhidão e desconforto nas áreas afetadas. Se não tratada a gengivite pode evoluir e afetar os dentes do seu gato.

Tártaro: O tártaro é a cristalização dos restos de alimentos que ficam presos nos dentes por conta do cálcio presente na saliva. Ele tende a favorecer a proliferação de bactérias e por consequência pode levar ao mau hálito e à gengivite.

Estomatite: Inflamação ou ulceração das mucosas, que podem levar à uma halitose forte do seu pet.

Refluxo: Sim, seu pet pode sofrer de refluxo! O retorno do suco gástrico do estômago para o esôfago pode trazer bastante desconforto ao gato e ser uma das causas do mau hálito do seu bichano.

Pólipos: São pequenos tumores benignos que brotam na cavidade nasal ou na faringe do seu pet e podem causar halitose.

Diabetes: Se seu pet anda com um hálito de cheiro muito doce e frutado isso pode ser sinal de diabetes, especialmente se ele não possui uma alimentação muito saudável.

Problemas renais: Se o hálito do seu pet mudou para um cheiro forte parecido com urina, isso pode ser um indicativo de problemas nos rins.

Problemas hepáticos: Caso o pet esteja apresentando vômitos, hálito muito forte, mucosas amareladas pode significar que o fígado do seu gatinho não vai bem.

Não ignore o mau hálito do seu pet

Além dessas situações citadas acima existem muitas outras possibilidades da halitose do seu pet, como o período de troca de dentes de um filhote, objetos presos na boca e má alimentação. O importante é que se seu pet sofrer mudanças de comportamento e mudanças no hálito, você deve levá-lo ao veterinário, é ele quem pode determinar a causa do bafo do seu gato.

Gato também escova os dentes

Sim, só de ler essa frase você já deve ter imaginado a missão que deve ser conseguir fazer o pet escovar os dentes, mas é importante higienizar a boca do seu gato. A situação ideal seria conseguir escovar os dentes do seu bichano todos os dias, mas o mínimo indicado seria duas vezes por semana. Um pouquinho de paciência e bastante carinho e então você vai conseguir domar sua fera para escovar os dentes. É importante dizer que gatos não terão o hálito fresco como humanos que possuam uma higiene bucal impecável, mas os odores fortes podem ser evitados.

Sorriso sempre

Tanto cachorros quanto gatos vão passar a vida toda, inclusive pela velhice, com os dentes, desde que sejam bem cuidados. Seu pet sênior não precisa perder os dentes cedo, mas sua alimentação deve ser adequada à sua idade.

Cuidando bem do “bafinho” do seu pet e dos dentes, seu gato vai ser só alegria por muito tempo. E você já teve um pet com bafo de onça? Conseguiu resolver o problema?

Comments

comments