Você quer complementar a alimentação do seu pet ou fazer um agrado com alguma coisa gostosa, mas não sabe se é seguro para o seu bichinho ingerir determinado alimento. Confira aqui uma lista com alguns dos principais vilões da alimentação pet.

Abacate

Vilão: Persina

Sintomas de intoxicação: Vômitos, diarreia, alterações cardíacas e pode levar ao óbito do pet.

Álcool

Vilão: Etanol. O álcool prejudica tanto o pet quanto os humanos, mas nossos amigos peludos possuem uma resistência muito menor à essa substância.

Sintomas de intoxicação: Vômitos, diarreia, depressão do sistema nervoso central, problemas de coordenação e respiração, coma e óbito do pet.

Café, chá, cafeína (e outros)

Vilão: Cafeína.

Sintomas de intoxicação: Alterações cardíacas.

Chocolate

Vilão: Teobromina. Já falamos sobre esse alimento por aqui no blog, mas existem alternativas de chocolates pet que não são tóxicos.

Leite e derivados

Vilão: Leite e derivados podem causar diversas reações nos pets. Tanto humanos quanto cães e gatos possuem baixa tolerância ao leite depois de adultos (variando entre as espécies, raças e indivíduos)

Sintomas de intoxicação: vômitos, diarreia e alergias de pele.

Uvas e passas

Vilão: Não se exatamente, mas diversos casos típicos de intoxicação foram registrados em cães (não há comprovação quanto aos gatos, mas também é melhor evitar) após a ingestão desses alimentos.

Sintomas de intoxicação: Problemas renais graves.

Macadâmia

Sintomas de intoxicação: Vômito, tremores, dores abdominais, confusão mental, hipertermia, depressão, queda dos membros inferiores e problema nas juntas. Apesar de raramente fatal, a ingestão de macadâmias gera grande desconforto no animal e pode bastante assustador para os tutores ver o pet sofrer dessa forma.

Semente de linhaça crua

Vilão: Ácido erúcico.

Pimenta malagueta

Sintomas de intoxicação: pode causar gastrite e até úlcera.

Sementes de maçã e pera

Vilão: Ácido cianídrico.

Batata e pele de batata

Vilão: Solanina.

Sintomas de intoxicação: depressão do sistema nervoso e complicações gastrointestinais.

Doces e produtos diet

Vilões: Xilitol e açúcar. O xilitol também está presente em algumas pastas de dentes.

Sintomas de intoxicação: Vômito, letargia, perda de coordenação, convulsões, insuficiência hepática e complicações renais. Todos decorrentes da desregulem da insulina do corpo. Já o açúcar pode causar a obesidade, cáries, diabetes e tornar seu pet muito seletivo quanto a dieta.

Cebola e alho

Vilão: Dissulfeto de n-propil. Existem discordâncias quanto ao alho na dieta do pet, desde que seu cão se mostre tolerante ao alimento, e em doses muito pequenas. Já os gatos são extremamente sensíveis à esses compostos, muito cuidado.

Sintomas de intoxicação: Anemia, icterícia, sangue na urina e óbito do pet.

Carambola e ruibarbo

Vilão: Ácido oxálixo/ oxalato de cálcio.

Sintomas de intoxicação: vômitos, diarreia, fraqueza, tremores, alteração na sede, salivação excessiva, sangue ou cristais na urina, insuficiência renal.

Caquis, pêssegos e ameixas

Vilão: Sementes e caroços.

Sintomas de intoxicação: No caso do caqui pode ocorrer inflamação e obstrução do intestino. No caso do pêssego e ameixas o vilão é o cianeto presente nos caroços dessas frutas, substância tóxica para pets e humanos.

Esses são alguns dos principais vilões da alimentação do seu pet, mas existem outros alimentos proibidos. Tenha sempre um bom plano de saúde pet para emergências e converse com o veterinário do seu pet se você estiver em dúvida sobre algum alimento que queira introduzir na dieta do pet e jamais ofereça alimentos que são comprovadamente tóxicos para o seu bichinho, mesmo aqueles que sabidamente não possuem efeitos letais.

Comments

comments