Eles são grandes, fortes e apesar da cara de mau são cães muito amorosos e extremamente apegados aos seus humanos. Trata-se de uma raça muito antiga, afinal os antecessores dos Rottweilers acompanhavam as legiões romanas pelos longos caminhos que percorriam. Uma das paradas obrigatórias dos soldados ficava do sul da Alemanha, um centro comercial e administrativo muito importante que se desenvolveu ainda mais com a presença dos romanos. Os prédios mais importantes receberam telhas vermelhas e a região passou a ser conhecida como Rottwill que significa vila vermelha. Com o tempo, o nome mudou para Rottweil. como é conhecida até hoje. Daí surgiu o nome da raça Rottweiler. Por volta de 250d.c., os romanos foram expulsos da região por tribos locais e muitos dos cães foram deixados para trás, a população passou então a criá-los. O cachorro Rottweiler chegou à América em 1928 e foi registrado pelo American Kennel Club em 1931.


A saúde do Rottweiler: cães dessa raça podem apresentar alguns problemas de saúde de procedência genética. As mais comuns são a displasia coxofemoral/ de quadril e problemas gastrointestinais. A Displasia de Quadril consiste em uma alteração na articulação formada pelo fêmur e o osso coxal (da “bacia”) que causa desconforto e prejudica a movimentação do cão. Em casos mais graves, podem até impedir que o animal se locomova. Por ser uma condição genética, é importante que exames sejam feitos desde filhote, para que o animal possa receber o tratamento adequado o quanto antes. Esta condição pode surgir, também, devido ao excesso de atividades físicas e pelo tipo de piso da sua casa. Apesar de a raça Rottweiler precisar de atividades físicas diárias e de alta intensidade, elas têm que ser acompanhadas de perto, já que por ser um cão forte e pesado se os exercícios não forem controlados poderá acontecer um excesso de esforço nas articulações do animal, podendo gerar alguns problemas. Outro ponto que merece atenção está relacionado com o sistema gastrointestinal do Rottweiler que é um tanto quanto sensível. A alimentação deve ser equilibrada e de alta qualidade, mas fora isso, algumas doenças podem ser mais graves se acometerem cães dessa raça.



Source

Comments

comments