Você já ouviu falar no Selkirk rex? Gato-ovelha? Conheça essa raça de peludinhos enrolados aqui nesse post da Petsalut.

Gato com cachos! Como assim?

Sim. Tudo começou depois de uma ninhada em um abrigo em Montana-EUA em 1987, onde uma gatinha entre quatro irmão nasceu com os pelos encaracolados. Miss DePesto foi adotada por Jeri Newman, um criador local. Miss cruzou com um persa preto e seus seis filhotinhos nasceram com a mesma característica da mãe, todos de pelos encaracolados também. O criador então percebeu que o gene responsável pela pelagem característica se manifestava de forma dominante e assim foi criada uma nova raça de gatos, os Selkirk rex.

Esse permanente é para valer

Diferente das outras raças de gatos que apresentam alguma forma de pelos cacheados, os Selkirk rex apresentam esse traço de maneira dominante, ou seja, se o gatinho possui o gene dos pelos encaracolados ele vai se manifestar, diferentemente das outras raças que possuem essa característica de forma recessiva. É interessante ressaltar também que essa é uma manifestação genética natural, ou seja, não houve seleção e manipulação por parte humana.

Fofo e amigável

Como resultado do cruzamento com o pai Persa, os Selkirk rex herdaram traços da personalidade característica da raça. São gatos pacientes, tolerantes e amorosos com seus tutores.

Sensação na internet

Nos últimos meses a foto de um desses gatinhos tomou a internet e muitos acharam que se tratava de uma “foto fake”, mas esse alvoroço foi bom para aumentar a popularidade da raça. A gatinha Miss DePesto deixou uma grande contribuição para o mundo e mostrou mais uma vez como a natureza pode trazer presentes inusitados (como os Selkirk rex e os Sphynx). E você, teria uma fofurinha dessas em casa?

 

Comments

comments