Reciclagem no mundo pet. Patas à obra.

//, Cuidados Com Pet, Curiosidades, Gato, Plano de Saude, Saude Pet/Reciclagem no mundo pet. Patas à obra.

Reciclagem no mundo pet. Patas à obra.

As mudanças climáticas em decorrência da ação do homem na natureza são perceptíveis e cada vez mais fala-se em assuntos como sustentabilidade e reciclagem, mas você sabia que isso pode valer para o dia a dia do seu convívio com o pet?

Mas o meu pet não é descartável nem reciclável

De fato, nossos pets não são recicláveis, mas muitos dos materiais que usamos no dia a dia deles podem ser. É só dar uma boa olhada em casa e você vai perceber alguns itens que podem ser colocados para reciclar e então se tornarem algo novo.

O que procurar?

Plástico: Muitos dos produtos do mundo pet são feitos de plástico, tais como as embalagens de ração e areia higiênica (para gato), alguns brinquedos, os comedouros e bebedouros de muitos pets (mas falamos nesse post aqui para evitar o plástico).

O plástico é um material de grande impacto ambiental, por conta de seu grande tempo para ser degradado na natureza e do volume utilizado e descartado pela sociedade. É um grande vilão para animais como tartarugas e golfinhos, que ingerem o material e acabam morrendo.

Metal: Alumínio e aço são outros materiais bastante presentes entre as coisas dos pets e que podem ser postos em reciclagem quando não forem mais utilizados. Presentes em comedouros, coleiras, guias e outros assessórios dos pets, esses metais possuem valor econômico agregado à reciclagem, afinal sempre vemos por aí os catadores de latinhas de alumínio.

Vidro: Você pode pensar que não há nada de vidro no nosso cotidiano pet que poderia ser adicionado à nossa lista, mas alguns tutores optam por utilizar vasilhas de vidro para alimentar os pets, além disso os frascos de muitos remédios são feitos de vidro ou plástico e alguns podem ser reciclados.

Achei. E agora?

Nem tudo o que você encontrar desses materiais pode ser reciclado, mas você já pode deixar separado uma lixeira específica para os sacos de ração e outras embalagens plásticas, por exemplo. Remédios e produtos de higiene devem ser checados no rótulo se o produto pode ser reciclado, mas os brinquedos e comedouros do seu pet podem ser reciclados quando você for comprar novos, ao invés de se tornarem mais um pedaço das crescentes pilhas de lixo das cidades.

Infelizmente é bastante comum nos depararmos com diversos objetos como comedouros, pacotes de ração, brinquedos descartados e etc. jogados em quintais ou descartados de maneira inadequada (lembrando que muitos deles podem até servir de criadouros de mosquitos em épocas de chuva) e nossos pets podem ser o primeiro estímulo a um modo de vida mais consciente.

Pode ser até uma diversão

É possível até mesmo transformar alguns desses momentos em interação com seu cão. Aos tutores que possuem mais jeito com o adestramento, por que não ensinar o seu cão a levar as latinhas vazias para uma lixeirinha específica? Pequenas ações como essa, que podem começar com o seu pet, podem transformar seus hábitos. Assim o seu lar pode deixar de ser apenas pet friendly e se tornar eco friendly também.

 

Comments

comments

By | 2018-11-21T17:25:18+00:00 novembro 23rd, 2018|Cachorro, Cuidados Com Pet, Curiosidades, Gato, Plano de Saude, Saude Pet|0 Comments